JOANA GAMA

Neste concerto preparado propositadamente para o PLANALTO – Festival das Artes, a pianista Joana Gama percorre algumas das músicas que estão nos seus álbuns criados à volta da obra do compositor francês Erik Satie, mas também músicas de Hans Otte, compositor alemão cuja obra-prima “O Livro dos Sons” foi estreada pela pianista em 2020.

Uma simbiose entre a arquitetura clássica e minimalista, onde a luminosidade e a melancolia reverberam nas cordas que levarão o som até ao alto das montanhas.

Um encontro intimista entre a pianista e o público que acontecerá no Largo do Outeiro, em Leomil, e que promete criar paisagens sonoras comuns que se envolvem numa atmosfera híbrida de reencontros.

 

Fotografia © Vera Marmelo

Joana Gama, pianista portuguesa, desdobra-se em múltiplos projetos, quer a solo, quer em colaborações nas áreas do cinema, da dança, do teatro, da fotografia e da música. Apesar de inicialmente ter decidido dedicar-se à música com o intuito de continuar a herança associada a uma ideia de música clássica, uma série de acontecimentos em cadeia foram-na desviando de um caminho que julgava ser o seu.

2 de setembro
21h30

LARGO DO OUTEIRO, LEOMIL