07.07

14h

Auditório Municipal Padre Bento da Guia
SÉRGIO TRÉFAUT

Paraíso

CINEMA

Um grupo de idosos reúne-se todos os dias nos jardins do Palácio do Catete, antiga sede da Presidência do Brasil e atual Museu da República no Rio de Janeiro.

Ao cair da tarde, homens e mulheres quase centenários revelam o sentido da vida através de antigas canções de amor. Este filme, retrato da sua força e vitalidade, foi subitamente interrompido pela pandemia de coronavírus, que dizimou uma geração.

Biografia:

Sérgio Tréfaut nasceu no Brasil em 1965. Após um mestrado em Filosofia na Sorbonne (Paris), começou a trabalhar em Lisboa como produtor e realizador. Os seus documentários foram premiados internacionalmente e exibidos em mais de 40 países. Quase todos, como “Outro País” (1999), “Fleurette” (2002), “Lisboetas” (2005), “A Cidade dos Mortos” (2009), “Alentejo, Alentejo” (2014) tiveram distribuição em salas de cinema. A sua primeira ficção, “Viagem a Portugal” (2011), com Maria de Medeiros e Isabel Ruth, recebeu vários prémios internacionais.

Ficha técnica:

ARGUMENTO | Sérgio Tréfaut
FOTOGRAFIA | Léo Bittencourt, Luís Abramo, Camila Freitas, Carlos Baptista
SOM | João Henrique Costa
MONTAGEM | Sérgio Tréfaut, Bianca Oliveira, Mário Espada
​PRODUÇÃO | Faux, Les Films d’Ici
DURAÇÃO | 85 minutos
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA | M/6